+ Notícias

  • Crédito: Getty Images Sports

    Hoje cineasta, Matthew Cherry posa com a estatueta do Oscar.

Ex-jogador da NFL conquista Oscar

Matthew Cherry, que jogou na liga como wide receiver, vence premiação com curta-metragem
Por: Redação - 10/02/2020 13:46:43

A carreira de Matthew Cherry na NFL pode não ter sido propriamente marcante. Já no campo da sétima arte, entretanto, o ex- wide receiver que passou por Belgals, Ravens, Panthers e Jaguars, chegou ao topo, conquistando a maior honraria do cinema mundial, o Oscar.

Jogador de destaque no futebol americano universitário, atuando pela Universidade de Akron, a carreira de Cherry como profissional nunca decolou. O wide receiver acumulou passagens por diversos times ao longo de três temporadas, mas pouco foi aproveitado. Em 2007, o jogador abandonou o esporte e se mudou para Los Angeles para se dedicar ao sonho de trabalhar no badalado mundo de Hollywood.

Na noite do último domingo, Matthew Cherry, 38 anos, venceu o Oscar na categoria melhor curta-metragem de animação, junto com Karen Toliver, com a obra “Hair Love”. O filme de quase 7 minutos é marcado pela leveza ao abordar a relação de Zuri, uma menina negra, com seus cabelos. Cherry escreveu e dirigiu a peça, lançada pela Sony Pictures Animation.

Após receber a estatueta, Cherry adotou um tom de representatividade em seu discurso e foi muito aplaudido. Ao fim, homenageou o astro do basquete Kobe Bryant, que morreu em um trágico acidente de helicóptero no fim de janeiro, na Califórnia. Curiosamente, Bryant também venceu uma estatueta do Oscar na mesma categoria, em 2018 pelo filme "Dear Basketball".

Lançado no início de dezembro de 2019, “Hair Love” conta com mais de 16 milhões de visualizações no Youtube. Confira o filme:

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade