NFL - Temporada regular

  • Crédito: Getty Images Sports

    A forte presença da defesa compensou a irregular atuação de Jared Goff no comando do ataque dos Rams

Rams vencem Seahawks e acirram briga por playoffs

Defesa segura Russell Wilson e Los Angeles segue vivo por uma vaga no Wild Card da NFC
Por: Redação - 09/12/2019 02:17:14

O Los Angeles Rams (8-5) venceu o Seattle Seahawks (10-3) por 28 a 12 no Sunday Night Football deste domingo (8). Com a vitória, os Rams se mantiveram vivos na briga pelo Wild Card da NFC e embolaram a briga pelos playoffs na conferência.

A defesa foi peça fundamental na vitória dos Rams. Com isso, o ataque da equipe liderou a partida em jardas totais (455 a 308), aéreas (293 a 202), terrestres (162 a 106), por jogada (6,8 a 5) e em conversões de terceira descida (53% a 35%).

A forte presença da defesa ajudou a compensar a irregular atuação de Jared Goff no comando do ataque dos Rams. Goff terminou a partida com 22/31 nos passes para 293 jardas, dois touchdowns e duas interceptações.

O ataque dos Rams contou com bons números do running back Todd Gurley (113 jardas de scrimmage e um touchdown terrestres), do tight end Tyler Highbee (sete recepções para 116 jardas) e do receiver Robert Woods (sete recepções para 98 jardas e um touchdown).

Do lado dos Seahawks, Russell Wilson teve sua pior partida na temporada. Wilson finalizou o jogo com 22/36 para 245 jardas e uma interceptação, além de 28 jardas corridas e um fumble sofrido.

Já a defesa contou com mais uma atuação forte do cornerback Quandre Diggs, que registrou cinco tackles, duas interceptações (um retornado para touchdown) e dois passes desviados. Diggs chegou em Seattle por uma troca com o Detroit Lions e já conseguiu três interceptações em quatro jogos com sua nova equipe.

A derrota fez com que os Seahawks perdessem a liderança da NFC Oeste para o San Francisco 49ers (11-2). Um jogo atrás dos rivais, Seattle ainda irá enfrentar os 49ers na temporada, sendo que no momento tem a vantagem no confronto direto contra a equipe da Califórnia.

Já os Rams ficam a um jogo abaixo do Minnesota Vikings (9-4), última equipe classificada para o Wild Card no momento. Com três rodadas restantes, Los Angeles, Minnesota e o Chicago Bears ainda disputam essa vaga para os playoffs.

O jogo

Mesmo com a primeira pontuação do jogo sendo dos Seahawks, após o field goal de 32 de Jason Myers, foram os Rams quem tiveram o melhor início na partida. Foram 151 jardas avançadas em duas campanhas de touchdown.

Primeiro com a corrida de uma jarda do running back Malcolm Brown e na sequência com o passe de duas jardas de Goff para Woods.

Wilson conseguiu comandar uma campanha de 51 jardas, mas parou em uma 4&1 na linha de 24 jardas, após conseguir o passe para o receiver Malik Turner, mas a cobertura fechou na jogada e impediu a recepção.

Antes do intervalo, os Rams ainda conseguiram mais um touchdown em passe de dez jardas de Goff para o receiver Cooper Kupp.

Só que a volta do intervalo foi dominada por Diggs. Foram duas interceptações seguidas contra Goff, a primeira retornada 55 jardas para touchdown.

Mesmo com a defesa segurando o ataque dos Seahawks, os Rams continuaram a falhar com a posse de bola. O kicker Greg Zuerlein teve um chute bloqueado de 37 jardas e o duelo seguiu em menos de uma posse de bola.

Mas na primeira posse do segundo tempo, os Rams buscaram novo touchdown, dessa vez com uma corrida de sete jardas de Gurley para a end zone.

Wilson chegou a comandar uma campanha de 74 jardas, mas os Seahawks tiveram que se contentar com o field goal de 34 jardas com Myers.

A defesa dos Seahawks ainda permitiram uma nova chance no ataque da equipe, mas Wilson arriscou uma rota longa para o receiver Tyler Lockett na end zone, mas a bola ficou pendurada por muito tempo e o cornerback Troy Hill conseguiu fazer a interceptação e matar o jogo.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (15). Os Seahawks viajam até Charlotte para encarar o Carolina Panthers (5-9), enquanto os Rams têm duelo direto pelos playoffs com o Dallas Cowboys (6-7).

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade