NFL - Temporada regular

  • Crédito: Getty Images Sports

    Robbie Gould garantiu a vitória dos 49ers nos segundos finais com um field goal de 30 jardas

Resumão do domingo na NFL

Vitória dos 49ers em jogo decisivo, crise em Foxborough e show de Lock marcam jogos antes do SNF
Por: Redação - 08/12/2019 23:48:34

A rodada deste domingo (8), antes do Sunday Night Football teve como principais destaques a vitória do San Francisco 49ers sobre o New Orleans Saints, mais uma derrota seguida para o New England Patriots e nova performance de bom nível de Drew Lock pelo Denver Broncos.

Confira abaixo mais sobre os jogos deste domingo (8), na NFL.

Washington Redskins (3-10) 15 x 20 Green Bay Packers (10-3)

Com mais dificuldade do que o esperado, os Packers venceram os Redskins. Mesmo superior no ataque, Green Bay não conseguiu concretizar suas presenças no campo de ataque com touchdowns.

O ataque dos Packers contou com bom desempenho do quarterback Aaron Rodgers que registrou 18/28 para 195 jardas e um touchdown e também com o running back Aaron Jones com 191 jardas de scirmmage e um touchdown terrestre.

Já os Redskins viram o running back Derrius Guice sair lesionado com problemas no joelho e com isso o ataque não se desenvolveu. O quarterback Dwayne Haskins terminou o jogo com 16/27 para 170 jardas, um touchdown e uma interceptação.

Antes dos Packers ajoelharem na bola, os Redskins ainda tiveram a chance do onside kick. Mas Dustin Hopkins chutou por 12 jardas diretamente nas mãos do receiver Devante Adams que apenas se jogou no chão para garantir a vitória.

Carolina Panthers (5-8) 20 X 40 Atlanta Falcons (4-9)

A primeira partida após a Era Ron Rivera em Carolina terminou com uma derrota acachapante para os Falcons. A vitória de Atlanta foi construída com grande desempenho de Matt Ryan e do ataque.

Ryan terminou o jogo com 20/34 para 313 jardas e dois touchdowns, tendo a companhia do receiver Olamide Zacchaeus (uma recepção para 93 jardas e um touchdown) e o running back Devonta Freeman (84 jardas e um touchdown terrestre).

A defesa ainda forçou quatro turnovers. Dois fumbles forçados pelo linebackers Vic Beasley e duas interceptações do cornerbacks Damontae Kazee.

Já o quarterback Kyle Allen não teve um bom desempenho, registrando 28/41 para 293 jardas, um touchdowns e duas interceptações, além de 24 jardas terrestres e um touchdown correndo com a bola. Allen ainda sofreu dois fumbles, sendo um recuperado pelos Falcons.

Baltimore Ravens (11-2) 24 x 17 Buffalo Bills (9-4)

No duelo de duas das melhores defesas da temporada, melhor para o sistema defensivo dos Ravens que parou Josh Allen e o ataque dos Bills em uma conversão de quarta descida decisiva para garantir a importante vitória e ficar muito perto de garantir o título da AFC Norte.

Lamar Jackson teve mais uma partida consistente no comando do ataque dos Ravens. O quarterback terminou o jogo com 16/25 nos passes para 145 jardas, três touchdowns e uma interceptação, além de 40 jardas corridas.

Do outro lado, Josh Allen teve uma partida apenas mediana, com muitos lançamentos completos. Allen terminou o jogo com 17/39 nos passes para 146 jardas e um touchdown, além de ter sofrido dois fumbles, sendo um recuperado pelos Ravens.

No último quarto, Allen buscou deixar o duelo em uma posse de bola após buscar touchdown de três passes para o receiver Cole Beasley seguida de uma conversão de dois pontos também para Beasley.

A defesa dos Bills ainda conseguiu parar em três jogadas o ataque dos Ravens e permitir que os Bills tivessem uma última chance para empatar o jogo.

Mesmo com um ataque inconstante, as faltas da defesa dos Ravens permitiram que os Bills chegassem até a red zone. Ao todo foram duas penalidades de violência desnecessária e uma interferência no passe que custaram 56 jardas ao setor.

Mas Allen não conseguiu avançar, errando três passes em sequência, sendo o último em uma cobertura perfeita do cornerback Marcus Peters, que tirou a bola antes dela chegar nas mãos do receiver John Brown.

Cincinnati Bengals (1-12) 19 x 27 Cleveland Browns (6-7)

Em duelo dos times sem chances de playoffs na AFC Norte, melhor para os Browns, que mesmo com mais um desempenho ruim de Baker Mayfield conseguiu sua sexta vitória na temporada.

Mayfield passou para 11/24 para 195 jardas e duas interceptações, além de 13 jardas corridas e um touchdown.

Para compensar o desempenho abaixo do quarterback, a dupla de running backs Nick Chubb e Kareem Hunt trabalharam para 134 jardas em conjunto e um touchdown terrestre. Além deles o cornerback Denzel Ward com uma interceptação de 61 jardas para touchdown, além de dois passes desviados garantiram vitória dos Browns.

Assim como Mayfield, Andy Dalton também teve uma partida ruim no comando do ataque dos Bengals. O quarterback passou para 22/38 com 262 jardas e uma interceptação. Quem puxou as correntes da equipe foi o running back Joe Mixon com 186 jardas de scrimmage e um touchdown terrestre.

Denver Broncos (5-8) 38 x 24 Houston Texans (8-5)

A Era Drew Lock continua a toda em Denver. O quarterback conseguiu mais uma vez ter excelente desempenho em campo e dificultou a situação dos Texans na briga pelos playoffs dentro da AFC.

Lock passou para 22/27 com 309 jardas, três touchdowns e uma interceptação, além de 15 jardas terrestres. O ataque ainda contou com o tight end Noah Fant recebendo quatro passes para 113 jardas e um touchdown.

Já Deshaun Watson teve uma partida irregular no comando do ataque, passando para 28/50 com 292 jardas, um touchdown e duas interceptações, além de 44 jardas terrestres e dois touchdowns corridos.

O ataque contou com bom desempenho do receiver DeAndre Hopkins, que registrou sete recepções para 120 jardas e um touchdown.

Detroit Lions (3-9-1) 7 x 20 Minnesota Vikings (9-4)

Se a estreia de David Blough na NFL foi animadora, sua segunda partida na liga foi abaixo do esperado. Melhor para a defesa dos Vikings, que colocou a equipe um passo mais perto de conseguir vaga nos playoffs.

O quarterback dos Lions passou para 24/40 com 206 jardas, um touchdown e duas interceptações. Já a defesa teve uma excelente do safety Tracy Walker com 13 tackles, sendo um tackle para perda de jardas.

Do lado dos Vikings, Kirk Cousins teve uma partida segura com 24/30 para 242 jardas e um touchdown, suficientes para garantir o tranquilo triunfo de Minnesota.

San Francisco 49ers (11-2) 48 x 46 New Orleans Saints (10-3)

O duelo de líderes da NFC foi digno de seu peso. Com excelentes performances do quarterback Jimmy Garoppolo e Drew Brees, o duelo foi decidido no pé direito do Robbie Gould que garantiu a vitória dos 49ers nos segundos finais.

Somente no último quarto de jogo foram cinco pontuações e três viradas. Na penúltima campanha, os Saints assumiram a liderança com touchdown de Brees em conversão de 18 jardas com o receiver Tre’Quan Smith.

Mas Garoppolo conseguiu avançar 49 jardas pelo campo, incluindo um passe de 39 jardas para o tight end George Kittle, que ainda teve a máscara puxada e ganhou mais 15 jardas. Com isso os 49ers já ficaram em posição de field goal, convertido em chute de 30 jardas de Gould.

Garoppolo terminou a partida com 26/35 nos passes para 349 jardas, quatro touchdowns e uma interceptação. O ataque ainda contou com grande desempenho do receiver Emmanuel Sanders, que registrou sete recepções para 157 jardas, um touchdowns, além de um passe lançado de 35 jardas para touchdown.

Já Brees finalizou o jogo com 29/40 nos passes para 349 jardas e cinco touchdowns, além de uma corrida de uma jarda para um touchdown terrestre. O ataque ainda contou com bom desempenho do receiver Michael Thomas, que registrou 11 recepções para 134 jardas e um touchdown.

Miami Dolphins (3-10) 21 x 22 New York Jets (5-8)

O duelo das equipes sem chance de playoffs na AFC Leste foi protagonizado e decidido pelos kickers. Com cinco chutes no último período, coube ao kicker Sam Ficken o field goal da vitória dos Jets.

Após chute de 37 jardas do kicker Jason Sanders pata virar o duelo para 21 a 19 com um minuto e meio no relógio, Sam Darnold conseguiu levar os Jets por 41 jardas no campo de ataque, incluindo um passe de 37 jardas para o receiver Vyncint Smith, deixando Ficken em condições de chutar o field goal da vitória de 44 jardas.

Darnold terminou a partida com 20/36 nos passes para 270 jardas, dois touchdowns e uma interceptação; O ataque ainda contou com a boa participação do receiver Robby Anderson, que registrou sete recepções para 116 jardas e um touchdown.

Já a Ryan Fitzpatrick não teve a magia ao seu lado e registrou apenas 21/37 nos passes, 245 jardas e uma interceptação, além de 65 jardas terrestres.  

Indianapolis Colts (6-7) 35 x 38 Tampa Bay Buccaneers (6-7)

O nome e sobrenome da partida é de Jameis Winston. Para o bem e para o mal o quarterback foi decisivo no placar final e na sexta vitória dos Buccaneers na temporada, que acabou com as chances de playoffs dos Colts.

Os Colts lideravam por 35 a 31 no último quarto, mas não conseguiram manter a liderança até o final do jogo. Primeiro o running back Nyheim Hines sofreu um fumble já na red zone dos Buccaneers, forçado pelo linebacker Devin White.

Indianapolis ainda interceptou Winston na sequência, com o quarterback forçando um passe pelo meio, que foi desviado pelo safety Rolan Milligan e caiu nas mãos do safety Malik Hooker.

Mas o kicker Conor McLaughlin não aproveitou a chance para colocar uma posse de bola de diferença e errou o field goal de 47 jardas. Winston então respondeu com o touchdown da virada de 12 jardas para o receiver Breshad Perriman.

Jacoby Brissett ainda teve a chance de levar os Colts para o field goal de empate, mas errou dois passes seguidos para uma conversão de duas jardas e garantiu o triunfo de Tampa.

Winston terminou a partida com 33/45 nos passes para 456 jardas, quatro touchdowns e três interceptações. Já Brissett lançou para 19/36 com 251 jardas e dois touchdowns, além de 26 jardas terrestres.

A defesa dos Colts contou com a grande performance do linebacker Darius Leonard, que registrou nove tackles (um para perda de jardas), duas interceptações (uma retornada para touchdown) e dois passes desviados.

Pittsburgh Steelers (8-5) 23 x 17 Arizona Cardinals (3-9-1)

Devlin Hodges segue comandando vitórias em Pittsburgh. Com mais uma partida regular no comando do ataque dos Steelers, a equipe contou com mais uma tarde de calouro de Kyler Murray para se manter viva na luta pelos playoffs da AFC.

Os Cardinals tiveram a posse de bola no final do jogo, mas após um sack seguido de fumble, Murray teve que converter uma 4&17 e após ser forçado a sair do pocket, lançou no meio de campo nas mãos do cornerback Joe Haden.

Murray encerrou o jogo com 20//30 nos passes para 194 jardas, dois touchdowns e três interceptações. Já Hodges finalizou a partida com 16/19 para 152 jardas e um touchdown, além de 34 jardas de scrimmage.

Los Angeles Chargers (5-8) 45 x 10 Jacksonville Jaguars (4-9)

A crise no ataque dos Chargers ganhou um refresco após enfrentar uma péssima atuação do desempenho dos Jaguars. Até mesmo o veterano Philip Rivers conseguiu um bom ritmo para recuperar a confiança para o final da temporada.

Rivers fechou o jogo com 16/22 nos passes para 314 jardas e três touchdowns. O técnico Anthony Lynn chegou a colocar o reserva Tyrod Taylor em campo, com o Taylor fechando o jogo com 3/5 para 26 jardas e um touchdown.

O ataque ainda contou com o desempenho forte do running back Austin Ekeler, que registrou 213 jardas de scrimmage e um touchdown aéreo.

Do lado dos Jaguars, Gardner Minshew terminou o jogo com 24/37 nos passes para 162 jardas e um touchdown, além de 31 jardas corridas.

Tennessee Titans (8-5) 42 x 21 Oakland Raiders (6-7)

A Era Ryan Tannehill segue forte em Memphis. Após empate em 21 pontos nos dois primeiros quartos, os Titans zeraram o ataque dos Raiders nas etapas finais e ainda anotaram 21 pontos para colocar os Titans firmes na luta pelos playoffs.

Tannehill terminou o jogo com 21/27 nos passes para 391 jardas, três touchdowns e uma interceptação. O ataque dos Titans também contou com os excelentes desempenhos do running back Derrick Henry (103 jardas e dois touchdowns) e do receiver A.J. Brown (cinco recepções para 153 jardas e dois touchdowns).

Já Derek Carr teve bons números, terminando com 25/34 para 263 jardas e dois touchdowns lançados, além de 17 jardas corridas.

Kansas City Chiefs (9-4) 23 x 16 New England Patriots (10-3)

Um dia a crise sempre bate a porta. Após muito tempo essa situação parece ter chego em Foxborough. Pela primeira vez nas últimas duas temporadas a equipe registrou duas derrotas seguidas e ainda permitiu que os Chiefs tivessem chance de alcançar a semana de descanso.

Os Patriots tiveram duas vezes a chance de empatar o jogo no último período, mas pararam nas duas vezes na defesa dos Cheifs. Primeiro em um punt e na sequência a equipe até a linha de cinco jardas da red zone, mas Tom Brady não conseguiu o passe na end zone para Julian Edelman, que viu o cornerback Bashaud Breeland fechar bem a jogada no receiver.

Brady teve mais uma vez um jogo inconstante com 19/36 para 169 jardas, um touchdown e uma interceptação e teve em Edelman (oito recepções para 95 jardas e um touchdown) seu principal alvo no jogo.

Já Patrick Mahomes também não teve grandes números, registrando 26/40 para 283 jardas, um touchdown e uma interceptação, além de seis jardas corridas.

 

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade