NFL - Temporada regular

  • Crédito: Getty Images Sports

    O defensive end Cameron Jordan anotou quatro dos nove sacks realizados pela equipe no jogo

Saints vencem Falcons e vencem NFC Sul

Tricampeonato da divisão veio com nove sacks da defesa e dia ruim dos times especiais
Por: Redação - 29/11/2019 03:15:41

O New Orleans Saints (10-2) venceu o Atlanta Falcons (3-9) por 26 a 18 no jogo que encerrou a rodada do Dia de Ação de Graças nesta quinta-feira (28). A defesa dos Saints conseguiu nove sacks em Matt Ryan e garantiu a vitória mesmo após pane nos times especiais da equipe.

Os Cowboys conseguiram ser superiores em jardas totais (348 a 279), jardas aéreas (259 a 184) e conversões de terceira descida (37% a 20%), enquanto os Saints tiveram melhores índices em jardas terrestres (95 a 89) e jardas por jogada (5,7 a 4,1).

Drew Brees teve uma partida regular, mas o suficiente para garantir a vitória. O quarterback registrou 18/30 nos passes para 184 jardas e um touchdown.

Na defesa dos Saints, o defensive end Cameron Jordan foi responsável por quatro dos nove sacks realizados pela equipe no jogo, além de conseguir seis tackles.

Já Ryan teve uma partida mais irregular, embora justificada pela constante pressão sofrida pela ineficiência de sua linha ofensiva. O quarterback registrou 35/50 nos passes para 312 jardas, dois touchdowns, duas interceptações e dois fumbles sofridos.

Com o título da NFC Sul garantido, os Saints secam o San Francisco 49ers (10-1) para tentar finalizar a temporada regular com o melhor recorde da conferência. Já em relação a semana de descanso durante os jogos de Wild Card, a equipe tem 1,5 jogo de vantagem para o Green Bay Packers (8-4) e o Minnesota Vikings (8-4)

Já os Falcons já estão sem chances de classificação aos playoffs e brigam apenas pelas primeiras posições do próximo Draft.

O jogo

A defesa dos Saints começou o jogo mostrando suas credenciais. Parou três vezes o ataque dos Falcons, sendo que a última campanha foi impedida na linha de duas jardas de seu campo de defesa, após uma tentativa de conversão de quarta descida.

Do outro lado do campo, Brees conseguiu o primeiro touchdown dos Saints na partida ao encontrar o quarterback Tayson Hill na end zone após passe de três jardas.

Ryan conseguiu a resposta apenas no segundo quarto da partida. Em boa posição de campo, o quarterback chegou rapidamente a red zone e conseguiu o passe de 18 jardas para o tight end Jaeden Graham para anotar o touchdown.

Mas o kicker Younghoe Koo desperdiçou o chute do extra point e os Saints seguiram na frente do placar, ampliando ainda mais sua vantagem após field goal de 22 jardas convertidos pelo kicker Will Lutz.

Koo ainda perderia um field goal de 42 jardas na campanha seguinte e na sequência os Saints novamente conseguiram abrir vantagem no placar, após corrida de 30 jardas de Hill para a end zone.

Antes do intervalo, os Falcons conseguiram diminuir a desvantagem após field goal de 45 jardas convertido por Koo, que deixou o placar em 17 a 9.

Após o intervalo, o ataque dos Saints não conseguiu mais touchdowns, mas continuou avançando em campo para permitir que Lutz pontuasse em mais três field goals (47, 42 e 45 jardas).

Enquanto o ataque pontuava, a defesa mantinha a vantagem com três turnovers seguidos sobre Ryan. Primeiro o defensive end Shy Tuttle e na sequência o safety calouro Chandler Gardner-Johnson forçaram interceptações contra o quarterback.

O defensive end Marcus Davenport ainda buscou tackle e Ryan em uma tentativa de corrida do quarterback e conseguiu forçar o fumble, recuperado pelo linebacker Vonn Bell.

Com pouco tempo no relógio Ryan conseguiu comandar campanhas positivas em sequência. Primeiro avançou 75 jardas no campo até o quarterback buscar o passe de 13 jardas para o receiver Russell Gage. A equipe ainda tentou a conversão de dois pontos, mas o replay mostrou que o receiver Calvin Ridley não cruzou o plano de gol.

Foi então que Koo começou a recuperar sua moral com a equipe. Na tentativa do onside kick, o Gage acabou se movimentando antes do chute e mesmo após a recuperação do linebacker Foyesade Oluokun, a jogada teve que voltar.

Koo então conseguiu novo chute entre as linhas e Oluokun foi mais rápido que os recebedores dos Saints e conseguiu recuperar a posse.

Com o relógio contra, Ryan levou a equipe pelo campo até o tempo do two minute warning. O técnico dos Falcons, Dan Quinn, chamou então Koo para o campo e o kicker converteu o field goal de 43 jardas.

A equipe então arriscou mais um onside kick com Koo e novamente a cobrança foi bem feita entre os atletas dos Saints, permitindo que Oluokun desse um tapa na bola antes que o receiver Michael Thomas segurasse a bola e o linebacker Kelal Ishmael conseguiu recuperar a bola.

Ryan então teve a chance de comandar a campanha do empate. O quarterback conseguiu entrar no campo de ataque, mas teve que buscar uma conversão de 4&8 na linha de 44 jardas e acabou sackado por Jordan, decidindo o jogo a favor dos Saints.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (8). Os Falcons recebem o Carolina Panthers (5-6) em mais um duelo dentro da divisão, enquanto os Saints jogam em casa contra os 49ers no duelo que pode valer a melhor campanha da NFC na temporada regular.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade