+ Notícias

  • Crédito: Divulgação

    Com renovação, estádio continuará sendo chamado de Lincoln Financial Field pelos próximos 14 anos.

Eagles renova o naming rights

Lincoln Financial Group seguirá com naming right da casa do Philadelphia Eagles até 2032
Por: Redação e assessorias/MKT Esportivo - 13/05/2019 14:51:33

A empresa de gestão de ativos e seguros Lincoln Financial Group seguirá como detentora dos naming rights da casa do Philadelphia Eagles, vencedor do Super Bowl na temporada 2017/2018. As partes assinaram um contrato que irá até o final de 2032. Desta maneira, o local continuará como Lincoln Financial Field pelos próximos 14 anos.
De acordo com o Philadelphia Business Journal, a ampliação do contrato valerá cerca de US$ 167 milhões, aproximadamente US$ 12 milhões por ano.

“No final das contas, as relações são o que realmente importa, por isso estamos honrados e agradecidos por ter um parceiro excepcional como o Lincoln Financial, que continua a demonstrar com esta extensão um compromisso compartilhado com nossa equipe, nossos fãs e a comunidade”, disse Jeffrey Lurie, presidente e diretor executivo do Philadelphia Eagles.

“Estamos extremamente orgulhosos de continuar nossa parceria com o Philadelphia Eagles, que desempenha um papel estratégico em elevar a consciência da nossa marca para um público amplo e diversificado. A conexão entre as duas partes sempre foi muito mais profunda do que apenas o nome do estádio, e por isso estamos ansiosos para criar resultados ainda mais positivos juntos, resultados que irão beneficiar a comunidade local”, completou Dennis Glass, presidente e diretor executivo do Lincoln Financial Group.

O Lincoln Financial Group seguirá desfrutando de ampla visibilidade e exposição em todo o estádio. Além disso, a empresa seguirá se comprometendo em participar ativamente de programas comunitários que beneficiam a região da Philadelphia.

O patrocínio teve início em 2002, um ano antes da abertura do Lincoln Financial Field. O primeiro acordo, assinado por 20 anos, valia um total de US$ 139.6 milhões, considerado defasado para o atual momento do mercado.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade